terça-feira, 24 de março de 2015

Dia Internacional para o Direito à Verdade para as Vítimas de Graves Violações dos Direitos Humanos


24 de março é lembrado como o Dia Internacional para o Direito à Verdade para as Vítimas de Graves Violações dos Direitos Humanos. Em Salmos 26.3, Davi escreveu: “Pois o teu amor está sempre diante de mim, e continuamente sigo a tua verdade.” Em mais de 60 países, aqueles que tomam a decisão de seguir a Jesus são perseguidos e têm os seus direitos violados. Apesar disso, a esperança dos cristãos é seguir a verdade e permanecer no amor do Senhor.


FONTE: Página fb - PORTAS ABERTAS

RESTORE BRASIL EM MARÇO 2015: ZIEL MACHADO


Projeto de Extensão UNIRIO: LER & COMPARTILHAR - práticas de formação solidária


quarta-feira, 18 de março de 2015

I Seminário Antônio Gramsci: Estado, Sociedade Civil e Políticas Educacionais

Continuando na ideia de apreender para discorrer e rebater:

Este Seminário é uma iniciativa do Grupo Interinstitucional de Estudos Estado, Poder e Educação (GIEPE) que reúne professores e alunos de diferentes instituições e movimentos sociais para debater a obra do socialista italiano Antônio Gramsci. O GIEPE, através do I Seminário Antônio Gramsci: Estado, Sociedade Civil e Políticas Educacionais, tem o objetivo de socializar os estudos realizados e aproximar intelectuais fundamentais para o desenvolvimento da teoria marxista no Brasil.

Palestrantes:
Roberto Leher (Educação/UFRJ)
Sonia Mendonça (História/UFF)
Virgínia Fontes (História/UFF)

O evento poderá ser assistido na íntegra pelo endereço:
http://webconf2.rnp.br/uab_unirio/?launcher=false 
 
24 de março de 2015, às 18h .
UNIRIO, 
Prédio da Nutrição 
Auditório Vera Janacopulos
Av. Pasteur, 296, Urca.

terça-feira, 17 de março de 2015

Recebi um Aluno Autista. E Agora?


Arminianismo: Introdução à História e Teologia - 23 e 30 de maio, 2015


Tenho em mim bem claro o que se passa com minha relação entre fé cristã e racionalidade, por isso mesmo "escolhi" o calvinismo como sistema que melhor representa o evangelho por mim abraçado.

Ainda assim, sei que é sempre bom entender melhor o outro lado do debate; uma vez que o que podemos fazer enquanto filhos de Adão adotados por Deus é apenas inferir do que vemos revelado nas Escrituras sobre qual melhor interpretação para determinadas passagens, algumas conversas podem demorar-se demais se não estivermos aptos e capacitados na visão de mundo do nosso próximo, me recuso a usar o termo antropológico "outro"(!).

Por isso recomendo a participação neste curso que se propõe trazer ao conhecimento "a existência de uma alternativa ou interpretação teológica diferente das correntes reformadas que se tornaram hegemônicas no cenário europeu, as quais se consolidaram após o século XVII."

"Essa alternativa se baseia no conhecimento da verdadeira Teologia Arminiana, e do seu posterior desenvolvimento com a intervenção de John Wesley. O curso visa também desfazer os principais mal entendidos e grosseiras interpretações atribuídas ao Arminianismo através dos seus rivais teológicos."

"Para tanto, está dividido em três partes: uma introdução histórica do surgimento da teologia arminiana, seu desenvolvimento teológico através de Armínio e seus discípulos (arminianismo clássico) e sua continuação e modificação através das ideias de John Wesley (armínio-wesleyanismo)."

Local: Auditório do Hotel Mont Blanc - Av. Dr. Mário Guimarães, n° 533, Centro, Nova Iguaçu, RJ.

Data: 23 e 30 de maio - 09h-17h.
Valor: 90,00. Podendo ser dividido em duas vezes.

Inscrições: através do e_mail cursos@projetoraizes.teo.br

Ao final do curso, os participantes receberão o certificado de conclusão com a carga horário de 16h.